Sem base no Congresso, Bolsonaro sofre derrotas inéditas em decretos, vetos e MPs

25 de novembro de 2019 at 11:30

Por Gerson Camarotti

Comentarista político da GloboNews, do Bom Dia Brasil, na TV Globo, e da CBN. É colunista do G1 desde 2012

Neste primeiro ano de governo, Jair Bolsonaro já é o presidente da República com o maior número de iniciativas do Executivo derrubadas pelo Congresso Nacional, como medidas provisórias, vetos e decretos.

A avaliação de líderes ouvidos pelo blog é que, ao optar por não formar um governo de coalização, Bolsonaro reforçou a posição de independência do Legislativo.

Alguns deputados e senadores já classificam o momento como uma espécie de “parlamentarismo branco”.

“Apesar de o Congresso ter aprovado a reforma da Previdência e ter blindado a agenda econômica, nos demais temas de proposição do Executivo há uma independência. Essa pauta de costumes, por exemplo, está fora do nosso radar”, resumiu ao blog um integrante da cúpula da Câmara.